Produtora Paula Lavigne posta foto de urna com voto em Marcelo Freixo

A prática é crime e prevê pena de até dois anos de detenção; após ser "avisada" por usuários da rede, a ex-mulher de Caetano Veloso apagou a imagem

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Produtora apagou a imagem depois de ser avisada por internautas
Reprodução/ Instagram
Produtora apagou a imagem depois de ser avisada por internautas

Após postar uma foto da urna com a imagem do candidato a deputado estadual pelo Psol Marcelo Freixo, a produtora musical e ex-mulher de Caetano Veloso foi avisada por pelo menos três usuários que a atitude é proibida.

A foto foi postada no Instagram da produtora, que também já declarou seu voto a Jean Willys (Psol), Romário (PSB) e Marina Silva (PSB). 

Pouco depois de postar a imagem, Lavigne a retirou de seu Instagram, mas o registro foi feito pelos usuários da rede. Tirar foto da urna eleitoral ou mesmo da zona eleitoral é crime previsto com pena de até dois anos den detenção.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave