Ao lado de Dilma, Pimentel evita o clima de “já ganhou”

Pimentel vota às 9h na escola Leopoldo de Miranda, no bairro Santo Antônio. De lá, ele deverá seguir para Vazante

iG Minas Gerais | Isabela Lacerda |

POLITICA - BELO HORIZONTE - MG. PRESIDENTE DILMA ROUSEFF FAZ VISITA EM BH AO LADO DE FERNANDO PIMENTEL E JOSUE ALENCAR .
FOTO: MOISES SILVA / O TEMPO 04-10-2014
MOISES SILVA/ O TEMPO
POLITICA - BELO HORIZONTE - MG. PRESIDENTE DILMA ROUSEFF FAZ VISITA EM BH AO LADO DE FERNANDO PIMENTEL E JOSUE ALENCAR . FOTO: MOISES SILVA / O TEMPO 04-10-2014

O encerramento da campanha de Fernando Pimentel (PT) ao governo de Minas ocorreu ao lado da presidente Dilma Rousseff (PT). Os dois fizeram uma caminhada pelo centro de Belo Horizonte. O candidato petista negou, nesse sábado (4), que a presença da presidente tenha sido uma forma de “marcar os adversários do PSDB”, Aécio Neves e Pimenta da Veiga.

“Não estamos preocupados com adversário, só queremos campanha propositiva”, disse enquanto visitava o Café Nice, no centro da capital, pela segunda vez desde o início da disputa. “A Dilma voltou aqui (em Belo Horizonte) porque é a cidade onde nasceu e começou a vida política, ela tem um carinho enorme”, completou.

Apesar de aparecer em todas as pesquisas de intenção de voto em primeiro lugar e com uma ampla vantagem em relação a Pimenta da Veiga, Pimentel preferiu manter o pé no chão e não cantar vitória antes da hora.

“Se vai ser no primeiro ou no segundo turno os mineiros que vão dizer. Comecei essa campanha do mesmo jeito que termino, respeitando o voto dos mineiros. Minas não tem rei, não tem imperador. Estou confiante”, afirmou.

Hoje, Pimentel vota às 9h na escola Leopoldo de Miranda, no bairro Santo Antônio. De lá, ele deverá seguir para Vazante, no Norte de Minas, para acompanhar a votação de seu candidato a vice, Antônio Andrade (PMDB).

Segundo a assessoria da campanha, o petista deverá acompanhar a apuração dos votos de sua residência, em Belo Horizonte. Após a divulgação do resultado, ele falará com a imprensa em seu comitê eleitoral.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave