Chico Amaral: por que voto em Dilma Rousseff

“É preciso ver quem tem uma ação efetiva e progressista”

iG Minas Gerais | Chico Amaral |

Divulgação
undefined

Eu tenho votado na esquerda há muito tempo. Considero-me um eleitor de esquerda. Esse é o primeiro ponto. O segundo é que eu penso que o governo Dilma Rousseff foi bom e conduziu bem a economia do Brasil em meio a uma profunda crise internacional, evitando o desemprego e a recessão.

A oposição critica Dilma, dizendo que o Brasil cresceu pouco, mas os números são compatíveis com qualquer país do mundo. É uma crítica mais política do que real. Penso que é preciso destacar também a inclusão social promovida pela presidente Dilma. Segmentos menos favorecidos da população conseguiram melhorar de vida a olhos vistos.

Acho que Dilma e o PT vão caminhar ainda mais nesse rumo no segundo mandato. Ela entende o pré-sal e sabe que ele pode mudar a história do país. Sou um eleitor de esquerda, mas temos que fazer uma observação: é preciso separar o joio do trigo.

Há muitos oportunistas por aí, e é preciso ver quem tem uma ação efetiva e progressista. E Dilma caminhou nesse sentido, assim como já havia acontecido nos dois mandatos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Há quem critique o PT por ter se transformado em um partido mais pragmático. Há quem demonize o PT. Mas é preciso dizer que o PT não é um partido diferente dos outros.

E inclusive pagou pelos seus erros. Vejo que os candidatos de oposição estão colocando a discussão num nível baixo. O resultado disso é que esses mesmos candidatos deixam de fazer propostas, e isso gera uma alienação de setores imensos e esse sentimento de esvaziamento da discussão política. No entanto, temos visto que Dilma mostra o que fez e o que pretende fazer.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave