Flu empata com Bahia e perde chance de colar no G4

O resultado de 1 a 1 deixou o time do Rio no sexto lugar da tabela, com 41 pontos

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Fred abriu o placar de cabeça, aos 21 minutos do primeiro tempo
Nelson Perez/Divulgação FFC
Fred abriu o placar de cabeça, aos 21 minutos do primeiro tempo

Com gol de Fred, Fluminense só empatou por 1 a 1 com o Bahia, neste sábado, no estádio Mané Garrincha, pelo Brasileirão, e perdeu a chance de encostar no G4. Afinal, ficou com 41 pontos, no sexto lugar, a dois do Atlético-MG, o quarto colocado, e 12 atrás do líder Cruzeiro. Enquanto isso, o Bahia soma 30, no 14.º lugar, três pontos acima do Vitória, seu rival e primeiro time da zona de rebaixamento.

 

Mandante, o Flu iniciou a partida vencendo mas recuou demais, desperdiçou ótimas oportunidades e acabou cedendo o empate. Para o Bahia, a derrota não saiu tão ruim, mas o time continua em situação desconfortável perto da zona de rebaixamento.

 

O Bahia começou o jogo tomando as iniciativas, principalmente pelas pontas. Velozes, Railan, Pará e William Barbio subiam pelas alas para tentar abastecer o atacante Kieza na área. Com o decorrer da partida, o Fluminense conseguiu se encontrar e tratou de responder na frente. Aos 21, após um erro na defesa baiana, o meia Wagner retomou a bola e cruzou para Fred, que se antecipou aos zagueiros e abriu o placar de cabeça.

 

Depois do gol, o Fluminense recuou bastante e os adversários controlaram a posse de bola e por pouco não empataram com Barbio que recebeu uma bola cara a cara com Cavalieri, bateu no canto, obrigando o goleiro a fazer uma grande defesa.

 

Em desvantagem, o Bahia se jogou ao ataque para pressionar o time carioca e seguiu utilizando as pontas. O Flu se manteve recuado, tentando aproveitar os contra-ataques. Em duas oportunidades quase ampliou, com Wagner e Sóbis.

 

O Bahia não desistiu e a persistência foi recompensada aos 37, em gol de falta de Marcos Aurélio, que chutou de longe a bola passou por todo mundo e Cavalieri acabou aceitando. O jogo seguiu aberto até o fim, mas nenhum dos time conseguiu virar.

 

FICHA TÉCNICA:

FLUMINENSE 1 X 1 BAHIA

FLUMINENSE - Diego Cavalieri, Bruno, Marlon, Elivelton e Fernando; Rafinha, Jean, Cícero (Rafael Sóbis), Conca (Edson) e Wagner; Fred. Técnico - Cristóvão Borges.

BAHIA - Marcelo Lomba; Railan, Lucas Fonseca, Demerson e Pará; Uelliton, Rafael Miranda e Emanuel Biancucchi (Marcos Aurélio); Barbio (Henrique), Diego Macedo (Léo Gago) e Kieza. Técnico - Gilson Kleina.

GOLS - Fred, aos 21 minutos do primeiro tempo. Marcos Aurélio, aos 37 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Anderson Daronco (RS).

CARTÕES AMARELOS - Fred, Edson e Jean (Fluminense); Lucas Fonseca (Bahia).

RENDA - R$ 626.140,00.

PÚBLICO - 9.476 pagantes.

LOCAL - Estádio Mané Garrincha, em Brasília.  

Leia tudo sobre: brasileirãofluminensebahia