Galo pode pagar punição no jogo contra a Chapecoense

Contra o São Paulo, no próximo dia 12, deve ser mesmo na Arena Independência

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Nas arquibancadas do clássico, a Polícia Militar precisou intervir para evitar confronto entre torcedores
JOÃO GODINHO/OTEMPO
Nas arquibancadas do clássico, a Polícia Militar precisou intervir para evitar confronto entre torcedores

Após o julgamento no STJD ter penalizado Atlético e Cruzeiro com a perda de um mando de campo por causa de incidentes violentos entre as torcidas no clássico do último dia 21, o blog Bastidores F.C. noticiou que o Galo só cumpriria a pena contra a Chapecoense, no próximo dia 18. Assim, o Atlético poderia enfrentar o São Paulo no Independência, no próximo dia 12.   

A assessoria de imprensa do time mineiro, no entanto, não confirma a informação, sob a alegação de que o departamento jurídico ainda trabalha no caso, que só terá um desfecho no início da próxima semana. Um dos argumentos que podem ser alegados pelo Galo é o fato de que os ingressos para o confronto já começaram a ser vendidos, o que traria transtornos para os torcedores. No entanto, segundo o regulamento do STJD, isso não seria suficiente para que a punição fosse adiada.

Além da perda de um mando de campo, Atlético e Cruzeiro foram multados, ainda, em R$ 50 mil cada. Durante a disputa do último clássico, que tinha mando do time celeste, membros de torcidas organizadas dos dois clubes estouraram bombas, quebraram cadeiras e tentaram invadir um bar do Mineirão. O Ministério Público determinou, ainda, que integrantes de Máfia Azul, Pavilhão Independente e Galoucura estão, por seis meses, banidos de entrar para ver jogos no país inteiro usando objetos que as identifiquem enquanto torcidas organizadas.

Leia tudo sobre: AtléticopuniçãoGalofutebolChapecoenseSão PauloSTJDIndependênciaHorto