Inexperiência da zaga preocupa Fluminense contra Bahia

Além do miolo de zaga formado por Marlon, de 19 anos, e Elivelton, de 22, time carioca terá ainda Fernando, de 21, na lateral esquerda

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

A inexperiência da defesa é a principal preocupação do Fluminense para a partida contra o Bahia, neste sábado, às 16h20, no estádio Mané Garrincha, em Brasília, pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro. Além do miolo de zaga formado por Marlon, de 19 anos, e Elivelton, de 22, o time carioca terá ainda Fernando, de 21, na lateral esquerda.

A dupla de zaga já vinha atuando junto em função das lesões de Gum e Henrique, mas Fernando também precisou ser alçado à condição de titular após o treino da manhã desta sexta-feira, quando o técnico Cristóvão Borges soube que não poderia contar nem com Carlinhos, o titular da posição, e nem com Chiquinho, que às vezes é improvisado na esquerda. A dupla também está em tratamento médico e foi vetada.

Mas o treinador prefere minimizar as ausências. Para Cristóvão Borges, a utilização de jogadores formados no time pode ser "um diferencial positivo". A preocupação do técnico é com o atual momento do Bahia, que vem de duas vitórias.

"A entrada do (Gilson) Kleina deu uma levantada (no time). Já vi vários jogos do Bahia, é um adversário forte, de respeito", considerou o treinador, que lembrou ainda que muitos jogadores do time baiano atuaram sob o seu comando e "conhecem o meu jeito de trabalhar".  

Leia tudo sobre: fluminensebahiainexperienciazagabrasileiro