Souza é liberado no STJD e poderá enfrentar o Grêmio

Clube, por meio de seu departamento jurídico, encontrou uma brecha na legislação e conseguiu que fosse deferido o pedido de efeito suspensivo

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Souza vai viajar para a capital gaúcha para se encontrar com o restante do elenco são-paulino
PÁGINA OFICIAL/FACEBOOK/DIVULGAÇÃO
Souza vai viajar para a capital gaúcha para se encontrar com o restante do elenco são-paulino

O São Paulo recebeu uma boa notícia na tarde desta sexta-feira, já na concentração em Porto Alegre. O volante Souza, que havia sido punido algumas horas antes pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) com um jogo de suspensão, por causa de suas críticas à arbitragem, vai poder enfrentar o Grêmio, neste sábado, pelo Campeonato Brasileiro.

O clube, por meio de seu departamento jurídico, encontrou uma brecha na legislação e conseguiu que fosse deferido o pedido de efeito suspensivo. Assim, o jogador, que havia acompanhado o julgamento na sede do STJD no Rio, na manhã desta sexta-feira, vai viajar para a capital gaúcha para se encontrar com o restante do elenco são-paulino.

Com a possibilidade de escalar Souza, o técnico interino Milton Cruz vai poder mexer um pouco menos na equipe. Desta forma, o mais provável é que o volante Hudson atue na lateral direita, com Souza e Michel Bastos no meio, fazendo com que o lateral-direito Luis Ricardo fique como opção no banco de reservas.

Para Milton Cruz, que está substituindo o técnico Muricy Ramalho enquanto ele se recupera de uma arritmia cardíaca, o reforço será muito importante. "Já temos algumas ideias de escalação, mas vou definir mais tarde. Infelizmente teremos alguns desfalques importantes, mas nosso elenco é forte e conta com atletas de qualidade que darão conta do recado", disse o interino, em entrevista ao site do clube.

Sem poder contar com Denilson, Alvaro Pereira e Luis Fabiano, todos suspensos, além de Auro, Antônio Carlos, Rafael Toloi e Rodrigo Caio, que estão machucados, o time que entrará em campo deve ser formado por Rogério Ceni; Hudson (Luis Ricardo), Paulo Miranda, Edson Silva e Reinaldo; Souza, Michel Bastos, Kaká e Ganso; Pato e Alan Kardec.