Mesmo no sacrifício, Luan se diz pronto para jogar

Meia-atacante ainda sente dores nas cotelas, mas se coloca à disposição para enfrentar o Criciúma, no sábado

iG Minas Gerais | GABRIELA PEDROSO E THIAGO PRATA |

Após atividade, Luan ainda treinou cobranças de falta na Cidade do Galo
Bruno Cantini/Flickr Atlético
Após atividade, Luan ainda treinou cobranças de falta na Cidade do Galo

Quando as dificuldades aparecem na vida do Atlético, eis que surgem jogadores aptos a se sacrificarem em prol da equipe alvinegra. Atletas que são a cara do Galo. O meia-atacante Luan é um dos que fazem jus ao estilo de garra e superação do time. Tanto é que está disposto a esquecer as dores que sente nas costelas para atuar contra o Criciúma, neste sábado, às 18h30, no Heriberto Hülse.

Apesar de não ainda estar 100% fisicamente, Luan pediu para voltar a treinar com o elenco no início da semana e chegou a participar de parte do segundo tempo diante do Corinthians, na última quarta-feira, pela Copa do Brasil. Agora, com os desfalques de Diego Tardelli e Guilherme, suspensos, se diz pronto para ser titular, caso Levir Culpi opte por isso.

“Quero jogar. Se o Levir optar pela minha entrada, tenho que dar meu melhor. Dói um pouco (as costelas), mas faz parte da nossa profissão. Agora é descansar, tomar uns remédios, para sábado estar à disposição, porque não tem Tardelli e Guilherme”, declarou o camisa 27.

Segundo o departamento médico do Atlético, Luan tinha fraturado duas costelas, após sofrer uma cotovelada do lateral-esquerdo Egídio, no clássico do último dia 21. Mesmo sendo liberado pelo DM, está empenhado em contribuir ao clube.

“Nestas horas, em jogos decisivos, é que a gente tem de estar sempre à disposição. Temos um jogo difícil contra o Criciúma e a gente precisa da vitória para dar uma levantada no ânimo”, afirmou o meia-atacante.

O atleta está confiante na busca por duas vitórias consecutivas fora de casa, sobre Criciúma, no sábado, e Fluminense, na quinta-feira.

“São dois jogos difíceis. O Criciúma está na zona da degola e o Fluminense também está brigando em cima. Então, temos que dar o primeiro passo, que é ganhar do Criciúma, e depois ganhar do Fluminense fora de casa”, disse.

Leia tudo sobre: AtleticoGaloLuan