Marquinhos larga na frente de concorrentes por vaga de Ricardo Goulart

Apesar de Marcelo Oliveira não confirmar, atacante deve iniciar entre os titulares contra o Colorado

iG Minas Gerais | GUILHERME GUIMARÃES |

MG - BRASILEIRÃO/CRUZEIRO E FIGUEIRENSE - ESPORTES
Cruzeiro recebe o Figueirense em partida válida pela 12ª segunda rodada do Campeonato Brasileiro 2014, no estádio Mineirão, em Belo Horizonte, neste sábado.
Na foto: Marquinhos

FOTO: Douglas Magno/O TEMPO/26.07.2014
douglas magno
MG - BRASILEIRÃO/CRUZEIRO E FIGUEIRENSE - ESPORTES Cruzeiro recebe o Figueirense em partida válida pela 12ª segunda rodada do Campeonato Brasileiro 2014, no estádio Mineirão, em Belo Horizonte, neste sábado. Na foto: Marquinhos FOTO: Douglas Magno/O TEMPO/26.07.2014

O técnico Marcelo Oliveira terá uma importante baixa na “final antecipada” contra o Internacional, neste sábado, às 18h30, no Mineirão, pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro. Ricardo Goulart, vice-artilheiro da Raposa na competição com 11 gols, está fora do jogo por ter sofrido estiramento na coxa esquerda. Sem um dos “motores” do time, o treinador tem três opções para o setor: Marquinhos, Willian e Dagoberto. “São os jogadores da posição. Se quisesse mudar, teria o Nilton, mas para fazer o time com três volantes. Como jogamos no Mineirão, da forma que jogamos, esses são os concorrentes à vaga”, disse o comandante celeste. Das alternativas disponíveis, o veloz Marquinhos larga na frente, apesar de Marcelo Oliveira não confirmar a entrada do camisa 34. “Fizemos um treinamento com quem podia treinar, aqueles que não jogaram com o ABC. Ele (Marquinhos) é um concorrente direto, foi bem contra o Sport e é um jogador que poderia ser utilizado, sim. Mas essa minha decisão vai ficar para a hora do jogo”, disse. Em baixa e longe da boa fase da última temporada e do início do ano, Willian e Dagoberto ficam como segunda opção. Entretanto, Marcelo Oliveira não deixou de elogiar os jogadores. “São jogadores de boa qualidade, que estavam treinando bem. Em alguns momentos, o jogador não tem um bom rendimento por falta de ritmo. Ficou claro no último jogo, contra o ABC, que tínhamos qualidade, mas faltou um pouco de entrosamento, porque o adversário estava fechado e as decisões tinham que ter sido tomadas de imediato. São jogadores que eu confio e podem nos ajudar no restante da temporada”, concluiu.  Outra opção seria Marlone. Entretanto, o jogador não está na ponta da lista de preferências de Marcelo Oliveira. Pelo menos para essa partida decisiva contra o Internacional. 

Leia tudo sobre: marquinhosatacantepreferenciacruzeirolugargoulartbrasileirointernacional