Hamilton dá troco em Rosberg e lidera; Massa é o 14º

O piloto inglês cravou o tempo de 1min35s078 e superou o alemão, segundo colocado com 1min35s318

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Lewis Hamilton mostra força da Mercedes em Suzuka, no Japão
PÁGINA OFICIAL/FACEBOOK/REPRODUÇÃO
Lewis Hamilton mostra força da Mercedes em Suzuka, no Japão

Depois de Nico Rosberg ser o mais veloz do primeiro treino livre do GP do Japão, Lewis Hamilton deu o troco no seu rival direto pelo título e companheiro de Mercedes ao fechar o primeiro dia de trabalhos de pista no circuito de Suzuka na liderança. O piloto inglês cravou o tempo de 1min35s078 para superar o alemão segundo colocado com 1min35s318, na segunda sessão livre.

Antes disso, Rosberg havia ficado na ponta do primeiro treino ao cronometrar 1min35s461, enquanto Hamilton ficou em segundo com 1min35s612. Desta forma, a Mercedes dominou as duas sessões iniciais no Japão.

Felipe Massa foi apenas o 14º colocado deste segundo treino, depois de ter ficado em 11º lugar na primeira parte do dia. O brasileiro foi superado de forma contundente pelo seu companheiro de Williams, o finlandês Valtteri Bottas, que terminou a segunda sessão com uma expressiva terceira posição, após abrir o dia sendo o quarto piloto mais rápido do grid.

Bottas cravou 1min36s279 para fechar os treinos iniciais de Suzuka em terceiro lugar. Esse tempo foi quase um segundo mais lento do que o obtido por Rosberg, fato que serviu para deixar claro o domínio da Mercedes, que hoje tem Hamilton na ponta do campeonato, apenas três pontos à frente do seu parceiro de equipe.

Já Fernando Alonso, que havia sido o terceiro colocado no primeiro treino do GP do Japão, foi apenas o sétimo na segunda sessão livre, na qual acabou sendo superado também pelo inglês Jenson Button (McLaren), pelo alemão Sebastian Vettel (Red Bull) e pelo finlandês Kimi Raikkonen (Ferrari), que ficaram respectivamente no quarto, quinto e sexto lugares.

O dinamarquês Kevin Magnussen (McLaren), o russo Daniil Kvyat (Toro Rosso) e o australiano Daniel Ricciardo (Red Bull) fecharam, nesta ordem, o grupo dos dez mais bem colocados do segundo treino livre, que foi marcado por vários acidentes em sua parte inicial. O japonês Kamui Kobayashi, da Caterham, Ricciardo e o mexicano Esteban Gutiérrez (Sauber) deixaram escapar seus carros e acabaram batendo.

MALDONADO É PUNIDO - O venezuelano Pastor Maldonado, por sua vez precisou trocar o sexto motor de sua Lotus nesta temporada e, com isso, foi punido com a perda de dez posições no grid de largada da prova japonesa. Ele foi apenas o 16º colocado do último treino do dia no Japão.

O GP do Japão contará com mais um treino livre, marcado para começar às 23 horas (de Brasília) desta sexta-feira, enquanto a sessão classificatória para o grid será iniciada às 2 horas deste sábado. A corrida deverá ocorrer a partir das 3 horas deste domingo, mas a Federação Internacional de Automobilismo (FIA) informou nesta sexta que não descarta a possibilidade de antecipar o horário da corrida para evitar o risco de a mesma ser atingida pela chegada do tufão Phanfone, que está se formando no Oceano Pacífico e é esperado para atingir a região do circuito de Suzuka no domingo.

Leia tudo sobre: lewis hamiltonnico rosbergmercedesgp do japaosuzukaformula 1