Difusão do IPC da Fipe atinge 61,97% em setembro

O indicador, que representa o porcentual de preços de itens em alta do IPC, foi superior ao verificado no fechamento de agosto, de 51,71%

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

O indicador de difusão do Índice de Preços ao Consumidor (IPC) atingiu o nível de 61,97% em setembro, de acordo com a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe). O indicador, que representa o porcentual de preços de itens em alta do IPC, foi superior ao verificado no fechamento de agosto, de 51,71%.

No início da manhã desta quinta-feira (2) a Fipe anunciou a inflação de setembro na cidade de São Paulo. Segundo a instituição, o IPC avançou 0,21% no mês passado ante alta de 0 34% em agosto.

Durante o mês de setembro, o indicador de difusão atingiu a marca de 53,85% na primeira quadrissemana; de 57,48% na segunda medição do mês; e de 61,54% na terceira quadrissemana. No mesmo período, o IPC variou 0,24%, 0,17% e 0,11%, respectivamente.

Em entrevista ao Broadcast, serviço de notícias em tempo real da Agência Estado, o coordenador do IPC, André Chagas, disse que o atual nível do indicador de difusão está mais condizente com o atual cenário de inflação em São Paulo. Para ele, o dado de difusão de agosto, apesar de baixo, trazia um quadro no qual o IPC estava sendo puxado para cima em grande parte por causa do impacto do reajuste da Eletropaulo, deixando os demais itens em segundo plano.

Segundo Chagas, apesar do aumento na parte de difusão no dado de setembro, há uma melhor "distribuição" da inflação pelos itens, num momento de menor impacto do reajuste da energia elétrica. Com isso, há um cenário mais real dos preços praticados e que permite um maior entendimento sobre o comportamento da inflação na capital paulista.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave