Pais ‘doam’ filhos para acessar internet grátis

Pessoas que participaram de estudo não leram o contrato direito

iG Minas Gerais | Da Redação |

Usuários aceitaram condições sem ler o contrato
Bruno Figueiredo / O Tempo 07.10
Usuários aceitaram condições sem ler o contrato

Os alertas sobre a importância de se ler um documento antes de assiná-lo são constantes no dia a dia de qualquer pessoa. Mas, ainda assim, a maioria da população não se preocupa com as letrinhas miúdas.

Em Londres, um experimento, realizado para alertar sobre os problemas de segurança que o uso de wi-fi grátis pode trazer, produziu um resultado, no mínimo, inusitado: seis pessoas concordaram em trocar seus filhos primogênitos por wi-fi grátis, demonstrando que não leram atentamente os contratos. A informação é do “The Guardian”.

Em junho, o Instituto Britânico de Pesquisa da Cibersegurança instalou em alguns dos bairros da cidade pontos de wi-fi gratuitos. Quando as pessoas tentavam se conectar, os termos e condições com os quais elas deveriam concordar para acessar a internet incluíam a “cláusula de Herodes”: a conexão seria feita apenas se o usuário concordasse em entregar seu primogênito “pela eternidade”.

A empresa F-Secure, responsável pela ação, disse que o termo foi retirado depois, para que o experimento pudesse ter continuidade.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave