Homem dá chutes, cabeçadas e morde PM em abordagem no Santo Antonio

Polícia realizava operação em conhecida boca de fumo do aglomerado Vila Estrela, e suspeito não quis se submeter á busca pessoal

iG Minas Gerais | Gustavo Lameira |

Um homem foi preso por agredir um policial militar no bairro Santo Antonio, região Centro-Sul de Belo Horizonte, na noite desta quarta-feira (1º). A Polícia Militar (PM) realizava um operação no aglomerado Vila Estrela, conhecido ponto do tráfico de droga.

A abordagem aconteceu em um bar na esquina das ruas Santo Antônio do Monte e São João Evangelista. Os militares pediram que os clientes saíssem do comércio, e que se encostassem no muro para que fosse feita a busca pessoal.

O suspeito de 23 anos resistiu desde o princípio, alegando estar com o filho no colo, e nada ter a ver com a criminalidade do local. Na sequência, a companheira dele chegou e tomou a criança de seus braços. Ainda assim, ele insistiu em desobedecer a ordem policial. O militar, então, se aproximou para detê-lo, momento em que ele reagiu com chutes e cabeçadas contra o agente, e depois com uma mordida na mão direita.

Percebendo a confusão, os demais militares se juntaram e algemaram o jovem. Nada foi encontrado com ele, que também não tem registro de outros crimes. No entanto, o suspeito incitou a população para que impedisse sua prisão. Alguns moradores chegaram a fazer vídeos, ameaçando divulgá-los na internet, sob acusação de ação violenta da Polícia.

Ainda segundo a PM, a mãe do jovem acompanhou toda a ação, e que pode confirmar que ele foi imobilizado sem sofrer qualquer ferimento.

O policial agredido foi socorrida pelos colegas até o Hospital Militar, no bairro Santa Efigênia, e o suspeito levado para a Delegacia Adjunta do Juizado Especial Criminal (Deajec). 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave