Botafogo e Santos usam Copa do Brasil para salvar ano

A competição virou a esperança de título para os dois clubes na temporada, já que ambos fazem campanhas medianas no Brasileirão

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Maracanã será uma das Arenas com internet
Fifa/Divulgação
Maracanã será uma das Arenas com internet

Botafogo e Santos abrem nesta quarta-feira, a partir das 19h30, no Maracanã, o confronto válido pelas quartas de final da Copa do Brasil. A competição virou a esperança de ambos na temporada, já que os dois times fazem campanhas modestas no Brasileirão - pior para os botafoguenses, que estão na luta contra o rebaixamento.

O Santos mudará quase meio time para o jogo no Maracanã. Destaque para o retorno do atacante Robinho, recuperado das dores musculares, que pode atingir nesta quarta-feira a marca de 100 gols com a camisa santista - está com 99. Além dele, voltam ao time os laterais Cicinho e Mena e o zagueiro Edu Dracena.

Mas nem tudo é festa para o Santos: com uma lesão mo músculo anterior da coxa esquerda, Aranha nem viajou para o Rio e será um desfalque importante. Assim, o goleiro titular nesta quarta-feira será Vladimir. Já no ataque, o técnico Enderson Moreira manteve o mistério entre Leandro Damião e Gabriel.

O retrospecto do Santos como visitante na temporada é pífio, mas o que anima os jogadores é que foi na Copa do Brasil que o time teve o seu melhor resultado fora da Vila Belmiro no segundo semestre. No dia 28 de agosto, o time derrotou o Grêmio por 2 a 0, em Porto Alegre, num jogo que ficou marcado pelas ofensas raciais de alguns torcedores gremistas ao goleiro Aranha.

Como o Grêmio foi punido pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) por causa das injúrias raciais, nem houve o jogo de volta pelas oitavas de final, fazendo com que o Santos avançasse direto na Copa do Brasil. Agora, portanto, vai enfrentar o Botafogo - as duas equipes decidem a vaga no dia 16 de outubro, na Vila Belmiro.

Com poucas possibilidades de ainda conseguir fazer uma campanha de recuperação nas 13 rodadas restantes do Brasileirão, para conseguir a classificação para a Libertadores de 2015, o Santos aposta todas as suas fichas na Copa do Brasil. E, para avançar às semifinais, o time precisa de um bom resultado no jogo desta quarta-feira no Maracanã.

Do outro lado, o Botafogo tenta se escorar na Copa do Brasil para conter a crise no clube. O discurso do técnico Vagner Mancini é um só: que os jogadores tentem esquecer os problemas fora de campo (atraso nos salários, principalmente) e avancem na competição.

De acordo com Mancini, os atletas têm de buscar sempre a valorização profissional, seja qual for a circunstância, e, por isso, ele reforçou que o grupo deve entrar em campo nesta quarta-feira com o foco numa vitória expressiva sobre o Santos.

"A Copa do Brasil é um campeonato diferente, na base do mata-mata, e estamos entre os oito melhores. Temos a chance de conquistar o título e de buscar a vaga na Libertadores", declarou o volante Airton, que enalteceu o Santos. "É um time muito forte e temos de entrar com tudo para vencer."

Para ajudar, o Botafogo poderá contar com um de seus principais jogadores: o atacante Emerson, que foi suspenso na segunda-feira por quatro jogos pelo STJD, por causa de expulsão no Brasileirão. Ele, porém, não terá de cumprir a pena na Copa do Brasil. O mesmo vale para o lateral Julio Cesar.  

Leia tudo sobre: botafogosantoscopa do brasilmaracanacampeonato brasileiro