ONG é financiada por dono da Natura

iG Minas Gerais |

SÃO PAULO. Espaço de fomento do projeto que culminou na candidatura de Marina Silva à Presidência, o Instituto Democracia e Sustentabilidade (IDS) recebeu R$ 7 milhões em doações de pessoas físicas e jurídicas desde 2010. Os principais doadores para a ONG foram dois associados, o dono da Natura, Guilherme Leal, e a educadora e herdeira do banco Itaú, Maria Alice Setubal, a Neca, de acordo com informações da ex-secretária executiva da entidade, Alexandra Reschke.

Leal confirmou ter doado R$ 3,4 milhões à organização por meio do Instituto Arapyaú, criado por ele para canalizar sua atuação como empreendedor social. Neca também afirmou ter doado ao IDS, como pessoa física, mas preferiu não informar o valor. Doações de pessoas físicas à entidade somaram R$ 3,3 milhões no mesmo período.

No entanto, segundo Alexandra Reschke, os dois doaram “valores mais ou menos semelhantes” e sempre foram considerados os principais provedores da iniciativa, do ponto de vista financeiro.

O IDS foi fundado por Marina e um grupo de colaboradores em São Paulo, em 2009, mas teve as atividades iniciadas em 2010, ano em que ela concorreu à Presidência pela primeira vez. Dos 37 associados, 35 colaboraram com o atual programa de governo de Marina, segundo o PSB.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave