Minientrevista

Humberto Machado Zica - Presidente do Conselho de Administração do grupo Delp

iG Minas Gerais |

Como está a atuação no setor de gás? Houve algumas alterações no licenciamento ambiental, uma nova regulação na ANP sobre o fraturamento hidráulico, então estamos aguardando essa consolidação da regulamentação na ANP. Na verdade, estamos pedindo dois licenciamentos e que devemos dar entrada nos próximos dias na Secretaria de Estado de Meio Ambiente.

Qual o contrato da Delp no São Francisco? Temos a concessão na área, junto à Agência Nacional de Petróleo, para explorar a área em três blocos do São Francisco, para tentar achar o gás.

Quanto vocês investiram lá e qual é a expectativa? São R$ 40 milhões investidos. Temos uma ideia de volume, mas o problema hoje é tornar esse volume economicamente viável. Conseguimos identificar lá alguns intervalos de rochas que são potenciais geradoras de gás, mas precisamos fazer o fraturamento hidráulico, porque é uma rocha não convencional.

E quanto ao volume? Se a produção for no nível que esperamos, vamos seguir em frente. Senão, não vamos seguir em frente.

Qual o mínimo para seguir em frente? O poço tem que produzir mais de 100 mil m³ por dia. (HL)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave