MP sequestra 66 carros e bloqueia R$ R$ 140 mil de jovem de 19 anos

Operação apontou que, na verdade, bens era do pai do proprietário legal, que é um dos gestores de uma das empresas de sistemas de automação suspeitas de gerar uma dívida fiscal junto à Receita Estadual de cerca de R$32 milhões

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Uma operação conjunta entre o Ministério Público, a Polícia Civil e a Secretaria de Estado de Fazenda (SEF) nesta terça-feira (30), em Belo Horizonte e em Contagem, na Grande BH, terminou com 66 veículos sequestrados e R$ 140 mil bloqueados da conta de um jovem de apenas 19 anos. Os bens estariam em nome do suspeito, mas, na verdade, pertenciam ao pai dele, que é sócio de uma das três empresas de sistemas de automação investigadas na operação. As empresas são acusadas de gerar uma dívida fiscal junto à Receita Estadual de cerca de R$32 milhões, iniciada em 1995.

Conforme informações do ministério público, as investigações apontaram que o principal sócio e gestor das empresas teria adquirido dezenas de carros antigos de alto valor de mercado, além de ser patrocinador de corridas de automóveis. O trabalho conjunto da Polícia Civil e do MPMG, com o apoio da Receita Estadual, aponta que o empresário transferiu grande parte do patrimônio para o filho e para outros parentes.

O jovem de 19 anos, cuja renda declarada não ultrapassa R$3 mil ao mês, é proprietário de 77 veículos de colecionador. Ainda de acordo com as investigações, o rapaz também recebeu do pai pelo menos três imóveis de alto valor e é dono de uma das empresas, que possui 11 veículos antigos em seu nome..  

Participam da operação dois promotores de Justiça, dois delegados de Polícia Civil, 10 auditores fiscais e 13 agentes policiais. Os mandados de busca e apreensão foram expedidos pela Justiça. No entanto, não teve nenhum mandato de prisão emitido.  

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave