Tardelli credita bom momento à briga antiga com Levir

Atacante reconhece que episódio o fez mudar de postura e dar a volta por cima após fase negativa que durou quatro meses

iG Minas Gerais | THIAGO PRATA |

Diego Tardelli deixou o duelo diante do Atlético Nacional-COL reclamando com o técnico Levir Culpi
BRUNO CANTINI/ATLÉTICO
Diego Tardelli deixou o duelo diante do Atlético Nacional-COL reclamando com o técnico Levir Culpi

No dia 1º de maio deste ano, o atacante Diego Tardelli e o técnico Levir Culpi trocaram farpas através da imprensa, após a eliminação do Galo na Copa Libertadores, para o Atlético Nacional. Depois daquele episódio, tiveram uma conversa, acalmando os ânimos de ambos. Quem iria imaginar que aquela 'briga' rendesse tantos bons frutos aos dois atleticanos? O camisa 9 admitiu que aquele o problema e a reunião ocasionaram uma mudança de postura dele dentro de campo. Desde aquele dia, DT9 se tornou um atleta mais dinâmico, versátil e goleador, após quatro meses bem abaixo da média. Nesta terça-feira, ele agradeceu ao técnico Levir pela 'chacoalhada'. “Depois da conversa que a gente teve, por conta do episódio da Libertadores, a gente se juntou e ficou mais fortalecido. Se não tivesse aquela discussão, talvez eu não estivesse no momento tão bom que estou vivendo. Grande parte disso é do Levir”, afirmou Tardelli. Devido às atuações de gala neste segundo semestre, o atacante ajudou o Galo a integrar o G-4 do Brasileirão, às quartas de final da Copa do Brasil e voltou à seleção brasileira. “Espero aproveitar este nosso momento. O Atlético está vivendo um momento bom. É fruto do nosso trabalho e do trabalho do Levir, que está dando resultado agora. Estamos felizes com o momento”, disse o avante, que espera manter o alto nível nesta quarta-feira, quando o alvinegro encara o Corinthians, no Itaquerão, pela Copa do Brasil. “Uma oportunidade boa de fazer um bom resultado contra o Corinthians. Esperamos ganhar para manter o sonho de ser campeão da Copa do Brasil”, completou.

Leia tudo sobre: tardelliatleticogalolevir culpiatacantebrigafutebol