Arquivos mostram voto contra a CPMF

“O PT tira do contexto e dá como verdade absoluta. É uma estratégia cínica do PT”

iG Minas Gerais |

Brasília. Registros do histórico de votações no Senado mostram que a ex-senadora Marina Silva votou contra a criação da CPMF, em 1995, e a prorrogação do imposto, em 1999. Em 2002, a então petista não registrou presença na votação. O PT, no entanto, votou favoravelmente à regulamentação da CPMF em 1996. O projeto passou pelo Senado em votação simbólica, portanto não houve registro nominal.  

A coordenação da campanha da hoje candidata do PSB à Presidência da República diz que o assunto foi tirado do contexto e estuda uma forma de contestar as acusações da petista Dilma Rousseff via direito de resposta. No domingo, a candidata à reeleição trouxe o assunto no debate promovido pela TV Record e questionou a posição da ex-senadora na votação da CPMF. “O PT tira do contexto e dá como verdade absoluta. É uma estratégia cínica do PT”, reagiu o coordenador adjunto da campanha, deputado federal Walter Feldman.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave