Miss Brasil sofre preconceito na internet por ser nordestina

OAB entra com ação no MPF pedindo punição a autores de postagens

iG Minas Gerais |

Melissa Gurgel foi eleita Miss Brasil no último sábado, em Fortaleza
Lucas Ismael/Band/Divulgação
Melissa Gurgel foi eleita Miss Brasil no último sábado, em Fortaleza

Fortaleza. O presidente em exercício da Ordem dos Advogados do Brasil no Ceará (OAB-CE), Ricardo Bacelar, assinou nesta senda representação e notícia-crime no Ministério Público Federal para responsabilizar os autores de mensagens racistas nas redes sociais contra Melissa Gurgel, a cearense eleita Miss Brasil no sábado (27).

“São colocados comentários preconceituosos e depreciativos ao povo cearense. Os comentários dizem que o sotaque cearense é sofrível, que o povo cearense é feio. É racismo em razão da localidade do Ceará, e nós não vamos aceitar isso. O sotaque cearense nos orgulha e faz parte da nossa cultura e da nossa identidade”, diz o presidente da OAB-CE, Ricardo Bacelar. “Miss Ceará bonita até abrir a boca e vir aquele sotaquezinho sofrível”, diz uma das mensagens. “Lembrem de deixar a TV no mudo quando a miss Ceará for dar a palestra dela no miss Brasil do ano que vem”, diz outra. Bacelar defende uma apuração rigorosa. “Formalizamos a representação no MPF para apurar com rigor esse desrespeito ao povo cearense”. Se condenados, os autores de mensagens racistas podem presos por período de dois a cinco anos. Ao receber a faixa, Melissa Gurgel, 20, prometeu representar bem o Brasil no Miss Universo e mostrar o “poder da mulher brasileira”. “Eu pretendo estudar muito, conhecer outras culturas, aproveitar essa oportunidade única de representar o nosso país lá fora e mostrar para o mundo o poder da mulher brasileira, mostrar nossos princípios e nossos valores”, disse, no sábado. Ela recebeu um carro no valor de R$ 40 mil como premiação do 60º concurso Miss Brasil. Ela vai disputar agora o Miss Universo, que será realizado neste ano, nos Estados Unidos.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave