Mourinho assume risco e confirma Diego Costa titular

Brasileiro sofre com um problema muscular na coxa; mesmo sabendo do risco de escalá-lo, treinador garantiu que ele estará entre os 11

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Diego Costa marcou um dos gols da vitória dos Blues sobre o Burnley
CHELSEA/DIVULGAÇÃO
Diego Costa marcou um dos gols da vitória dos Blues sobre o Burnley

O técnico José Mourinho confirmou nesta segunda-feira que o atacante Diego Costa será titular do Chelsea na partida contra o Sporting, nesta terça, em Lisboa, pelo Grupo G da Liga dos Campeões. O brasileiro naturalizado espanhol sofre com um problema muscular na coxa, mas mesmo sabendo do risco de escalá-lo, o treinador garantiu que ele estará entre os 11 que iniciarão a partida.

"O Diego começará", garantiu Mourinho em coletiva na capital portuguesa. "Há um risco, sim, mas ele jogará. Nós assumimos o risco e ele joga. Espero que tudo corra bem e espero que de terça até domingo ele tenha tempo suficiente para voltar à pista e jogar contra o Arsenal", completou, já pensando no clássico do fim de semana pelo Campeonato Inglês.

Diego Costa vem sofrendo com dores musculares há algumas semanas e Mourinho disse que o atacante precisa de cerca de 15 dias parado para se recuperar totalmente. O próprio português chegou a afirmar que o jogador não teria condições de atuar duas vezes na mesma semana, mas o escalará somente três dias depois de ele ter atuado e marcado um gol diante do Aston Villa.

E Mourinho ainda promete colocar Diego Costa em campo contra o Arsenal, no domingo, se o atacante apresentar condições mínimas. "Espero que ele possa jogar de novo no domingo, contra o Arsenal mas no momento não posso pensar no Arsenal, eu penso no Sporting e o Diego começará amanhã."

O treinador também explicou o motivo da ausência de Drogba, que ficou em Londres. Segundo ele, o marfinense voltou a sentir uma lesão no tornozelo. "O Drogba estará fora por duas semanas. Ele teve um problema no treino com seu tornozelo, então não foi possível para ele viajar e eu acho que não será possível se recuperar até domingo", comentou o português.