Atlético se defende sobre explosão de artefato no último jogo

Clube alega que incidente do jogo contra o Vitória se deu no lado de fora do Independência, e não no lado de dentro, como disse o juiz

iG Minas Gerais | FERNANDO ALMEIDA |

O Atlético informou nesta segunda-feira que irá ‘rebater’ a súmula do árbitro Marcelo Aparecido de Souza referente à partida entre Atlético e Vitória. No documento, o juiz relata 'uma explosão de um artefato explosivo, ocorrendo na arquibancada', atrás de um assistente após o primeiro gol do duelo aos 40 minutos do segundo tempo.

De acordo com a assessoria do Galo, a empresa responsável pela segurança da Arena Independência garante que o arremesso e a explosão do artefato aconteceram do lado de fora do estádio, fato que foi relatado em um boletim de ocorrência feito pela corporação. O B.O. também conta com testemunhas do ocorrido, porém, nenhum suspeito foi apreendido.

Esta é a terceira partida seguida que o Atlético é citado na súmula por causa de atos de torcedores. Nos jogos contra Cruzeiro e Santos também houveram incidentes provocados pela torcida atleticana. No clássico, os problemas se deram entre aficionados dos dois times.

Leia tudo sobre: AtleticoGalo