Button elogia circuito japonês, mas espera dificuldades

Britânico da McLaren afirma que a pista de Suzuka tem as melhores sequências de curvas e que exige grande velocidade dos pilotos

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

McLaren driver Jenson Button of Britain looks on at his team garage during the first practice session ahead of Sunday's Malaysian Formula One Grand Prix at Sepang International Circuit in Sepang, Malaysia, Friday, March 28, 2014. (AP Photo/Lai Seng Sin)
Associated Press
McLaren driver Jenson Button of Britain looks on at his team garage during the first practice session ahead of Sunday's Malaysian Formula One Grand Prix at Sepang International Circuit in Sepang, Malaysia, Friday, March 28, 2014. (AP Photo/Lai Seng Sin)

Na Fórmula 1 desde 2000, o inglês Jenson Button conhece bem as pistas que compõem o calendário e tem um carinho especial pelo circuito de Suzuka, que neste fim de semana sediará o GP do Japão. O piloto da McLaren lembrou que venceu a prova em 2011 e destacou as características desafiadoras da pista.

"Suzuka parece uma segunda casa para mim. O Japão é um lugar tão especial e minha vitória aqui em 2011 realmente se destaca para mim", disse. "É também um dos melhores circuitos, um verdadeiro e implacável desafio, o que torna ainda mais gratificante quando você acerta. Para mim, essas são as melhores sequências de curvas do mundo, totalmente originais, que faz correr aqui tão emocionante", completou.

Mas apesar de todos esses elogios, Button prevê um fim de semana difícil para a McLaren, mesmo que tenha avaliado que a equipe está em evolução. "Apesar de não chegar ao final em Cingapura, estamos definitivamente em um curva ascendente em termos de desenvolvimento do carro. Suzuka vai ser complicado para nós, mas eu ainda assim estou muito ansioso", disse.

Button também destacou o que é preciso ter e fazer para conseguir um bom desempenho em Suzuka. "Sendo uma pista de alta velocidade, em você precisa de um bom downforce, ritmo e foco total para tirar o máximo proveito de uma volta", comentou o inglês, o sétimo colocado no Mundial de Pilotos.  

Leia tudo sobre: jenson buttonmclarenformula 1gp do japaosuzuka