Cilic vence chinês em 1º jogo após título do US Open

Croata venceu com facilidade o tenista chinês Yan Bai, por 2 sets a 0

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

DIVULGAÇÃO/ZAGREB INDOORS
undefined

Três semanas depois do título inédito do US Open, o croata Marin Cilic voltou ao Circuito Mundial da ATP (Associação dos Tenistas Profissionais) nesta segunda-feira, abrindo o Torneio de Xangai, que distribui 500 pontos no ranking ao campeão. E o retorno foi com vitória tranquila sobre o local Yan Bai, por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/4.

O Torneio de Xangai, assim como o de Tóquio, que acontece no Japão, marca o retorno dos principais tenistas ao Circuito depois do US Open. Nono do mundo, Cilic joga na China como cabeça de chave numero 4 e tenta a classificação para o ATP Finals, no fim do ano. Desde o título em Nova York, ele só havia jogado uma vez, pela repescagem da Davis, e não encontrou dificuldades ao estrear em Xangai contra um tenista que jogava o torneio por convite.

Também nesta segunda-feira, o canadense Vasek Pospisil, número 41 do ranking mundial, venceu o checo Lukas Rosol (26.º), por 2 sets a 0, e avançou para entrar na rota do sérvio Novak Djokovic na segunda rodada. O número 1 do mundo estreia na terça, contra o espanhol Guilhermo Garcia-Lopez.

Convidado da organização, o também sérvio Viktor Troicki, atual número 152 do mundo, também fez 2 sets a 0 na estreia, sobre o russo Mikhail Youzhny (33.º). Outro russo já eliminado é Teymuraz Gabashvili, que levou 2 sets a 1 do português João Sousa.

NADAL VOLTA - Afastado desde a eliminação nas oitava de final de Wimbledon, ainda em junho, o espanhol Rafael Nadal voltou ao Circuito com derrota nesta segunda-feira. Na chave de duplas, ele e o também espanhol Pablo Andujar perderam por 2 sets a 1 para a parceria formada pelo checo Tomas Berdych e o norte-americano John Isner.

Cabeça de chave número 2 do torneio de simples, Nadal estreia contra o francês Richard Gasquet. Berdych e Isner também são cabeças de chave, podem se enfrentar nas quartas e são os potenciais rivais do espanhol em uma eventual semifinal.

Leia tudo sobre: marin cilicyan baitorneio de xangaichina