Atlético-PR vence o Corinthians, que despenca na tabela

Derrota deixou os paulistas na sétima colocação. Já os paranaenses subiram para o décimo lugar

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

De pênalti, Cléo marcou o único gol da partida da vitória do Furacão, na Arena Independência
Gustavo Oliveira/Site Oficial
De pênalti, Cléo marcou o único gol da partida da vitória do Furacão, na Arena Independência

O Corinthians somou a sua segunda derrota seguida no Campeonato Brasileiro e se afastou ainda mais dos líderes na tabela de classificação. Em Curitiba, na Arena da Baixada, a equipe paulista perdeu neste domingo por 1 a 0 para o Atlético Paranaense, pela 25.ª rodada, e agora ocupa a 7.ª posição, com 40 pontos. O time do Paraná quebrou um jejum de três derrotas e chegou à 10.ª colocação, com 31. No próximo sábado, o Corinthians encara o Sport, em casa, e o Atlético faz clássico contra o Coritiba.

A partida começou com as duas equipes marcando forte, com pouco espaço para finalizações. Nos primeiros 20 minutos de jogo, houve apenas um chute a gol. Aos 7, o meia Marcos Guilherme recebeu passe de Douglas Coutinho e chutou fraco de fora da área para defesa tranquila do goleiro Cássio. A partir dos 21 minutos, o jogo ficou mais acelerado. Em ataque rápido do Corinthians, o atacante Guerrero demorou para concluir a jogada e permitiu que a defesa do time da casa se reorganizasse. No contra-ataque, a equipe paranaense quase abriu o placar. Marcelo cruzou pela direita para Douglas Coutinho, que subiu mais que a zaga corintiana e cabeceou a poucos centímetros da trave esquerda de Cássio. Depois do susto, a equipe paulista passou a ter mais posse de bola, porém sem levar perigo ao goleiro Weverton. Do outro lado, o Atlético aproveitava as chances de bola parada para surpreender os visitantes. Aos 34 minutos, após falta cobrada para a área, Gustavo aproveitou rebote de Cássio e mandou por cima do travessão em um voleio atrapalhado. Nos minutos finais do primeiro tempo, o Atlético tomou gosto pela partida e começou a dominar as iniciativas. Aos 41 minutos, em pressão do ataque do time do casa, Cléo tentou escapar da marcação na área adversária e sofreu pênalti em falta indiscutível de Elias. O mesmo bateu firme e abriu o placar para a equipe paranaense. Na volta do intervalo, o Corinthians permaneceu com maior posse de bola, mas sem assustar. As principais oportunidades vinham de cruzamentos em bola parada, praticamente todos cortados pela defesa do Atlético. A equipe paranaense, por sua vez, preferiu reforçar a marcação para aproveitar os contra-ataques, mas também sem levar perigo. No decorrer da segunda etapa, o técnico Mano Menezes tirou Bruno Henrique, Petros e Renato Augusto para colocar Jadson, Romero e Danilo, em uma tentativa de melhorar a qualidade do passe. No entanto, a equipe paulista continuou pouco criativa e sem pontaria. Nos minutos finais, o jogo se concentrou no campo de defesa do Atlético, com o Corinthians buscando o empate e o time da casa tentando garantir a vitória. Sem mais lances de perigo, o árbitro Marcelo de Lima Henrique encerrou o jogo aos 48 minutos.

Leia tudo sobre: futebolAtlético-PRCorinthiansvitóriaG