Grupo é líder na América do Sul

A localização da planta é considerada um diferencial, devido ao bom posicionamento logístico e à elevada oferta de matéria-prima. “Por ano, eles vão precisar de 135 mil cabeças

iG Minas Gerais | Queila Ariadne |

Janaúba. A Minerva é uma das líderes na América do Sul na produção e comercialização de carne in natura, gado vivo e seus derivados. Com a reabertura do frigorífico em Janaúba, o grupo espera um faturamento de até R$ 500 milhões por ano.  

A planta vai começar com abate diário de 450 cabeças, mas terá capacidade de abate e desossa de aproximadamente 900 cabeças/dia, após investimentos.

Para reativar o frigorífico, fechado desde setembro de 2010, o grupo Minerva investiu entre R$ 10 milhões e R$ 15 milhões voltados à modernização das operações da empresa.

A localização da planta é considerada um diferencial, devido ao bom posicionamento logístico e à elevada oferta de matéria-prima. “Por ano, eles vão precisar de 135 mil cabeças. A região tem para oferecer 560 mil prontas para abate, ao ano”, afirma o presidente do Sindicato Rural de Janaúba, José Aparecido Mendes. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave