América vence Santa Cruz e diminui diferença para primeiro fora da Z-4

No jogo que marcou o reencontro do técnico Givanildo Oliveira com a torcida, o América fez 1 a 0 em clube pernambucano

iG Minas Gerais | Antônio Anderson |

ESPORTES BH MG: LANCES DA PARTIDA ENTRE AMERICA X SANTA CRUZ VALIDA PELA 26 RODADA DA SERIE B DO CAMPEONATO BRASILEIRO 2014. NA FOTO:

FOTOS: DENILTON DIAS / O TEMPO / 27.09.2014
DENILTON DIAS / O TEMPO
ESPORTES BH MG: LANCES DA PARTIDA ENTRE AMERICA X SANTA CRUZ VALIDA PELA 26 RODADA DA SERIE B DO CAMPEONATO BRASILEIRO 2014. NA FOTO: FOTOS: DENILTON DIAS / O TEMPO / 27.09.2014

No jogo que marcou o reencontro do técnico Givanildo Oliveira com a torcida, o América venceu o Santa Cruz-PE por 1 a 0 neste sábado, na Arena Independência, em partida válida pela 26ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Mesmo com o resultado, a equipe alviverde ainda segue na zona de rebaixamento, agora com 19 pontos, sete menos que o América-RN, primeiro clube fora.

O gol do América foi marcado pelo lateral-direito Elsinho, que voltou ao time titular depois de se recuperar de um problema no púbis. O jogador não fazia uma partida oficial desde o dia 22 de agosto, quando o alviverde venceu a Ponte Preta por 3 a 0 em partida da 18ª rodada. Na próxima rodada, marcada para sexta-feira, dia 3 de outubro, o América volta a jogar no Independência, contra Atlético-GO. Para esse confronto, o time terá o retorno do volante Thiago Santos, do meia Willians e do atacante Obina, que cumpriram suspensão automática neste jogo.

O jogo 

Sem muito tempo para treinar a equipe por causa da sequência de jogos e os problemas de contusões e suspensões, o técnico Givanildo Oliveira improvisou os laterais Gilson e Pablo no meio-campo e deixou apenas Júnior Negão no ataque. No primeiro tempo não foram criadas muitas chances de gol. O Coelho tinha mais a posse de bola e abriu o marcador aos 20 min. Elsinho recebeu de Pablo, driblou um marcador e bateu no canto direito do goleiro pernambucano.

O América voltou para etapa complementar recuado e sofrendo uma pressão do Santa Cruz, que chegava tocando a bola pelas laterais, mas não conseguia ser objetivo nas finalizações. Para dar mais velocidade ao ataque e tentar ampliar a vantagem nos contra-ataques, o técnico Givanildo Oliveira tirou o lateral-direito Elsinho e o atacante Júnior Negão para as entradas dos atacantes Bruninho e Rubens.

Encontrando dificuldades para sair com a bola dominada de seu campo defensivo para o ataque, o América praticamente não incomodava o goleiro Tiago Cardoso. Para tentar fechar a equipe e garantir o resultado,Givanildo Oliveira tirou Renan Oliveira, que não era efetivo na armação das jogadas, para a entrada do zagueiro André. O alviverde ainda teve duas chances em bolas cabeceadas pelo zagueiro Vitor Hugo, mas suportou a pressão nos minutos finais para segurar o resultado e atingir três jogos seguidos sem derrotas na Série B, com duas vitórias e um empate.

Leia tudo sobre: américasanta cruzindependênciahortogivanildo de oliveiratorcidacoelhogolelsinhobrasileirãofutebol