Chapecoense e Criciúma duelam para fugir da rabeira

Duelo deste sábado, pela 25ª rodada, que será disputado às 18h30 na Arena Condá, em Chapecó, tem mais importância do que o primeiro para ambos

iG Minas Gerais | Agência Estado |

Da primeira vez que se encontraram na Série A, Chapecoense e Criciúma estavam em situações diferentes às atuais. Agora se consolidando nas posições intermediárias da tabela de classificação, o time de Chapecó (SC)se encontrava na lanterna. Já o rival, que é o atual último colocado, era o melhor clube catarinense no Campeonato Brasileiro: estava em 12.º. A partida, jogada em Criciúma (SC), terminou em 1 a 0 para os anfitriões.

O duelo deste sábado, pela 25.ª rodada, que será disputado às 18h30 na Arena Condá, em Chapecó, tem mais importância do que o primeiro para ambos. No segundo turno, cada ponto conta na busca para se manter na Série A. Apesar de estar três posições à frente, a Chapecoense está com apenas dois pontos de diferença do Palmeiras (27 a 25), primeiro na zona de rebaixamento. E na lanterna, três pontos seria uma luz no fim do túnel para o Criciúma.

Na Chapecoense, a principal mudança no time comandado pelo técnico Jorginho é a entrada do zagueiro Douglas Grolli no lugar de Jaílton, este que saiu lesionado na última partida e deve ficar fora dos gramados por um mês. Volta ao time o lateral-direito Fabiano, que estava suspenso.

No Criciúma, o técnico Gilmar Dal Pozzo, que pela primeira vez enfrentará a sua ex-equipe, terá mais desfalques. Os zagueiros Fábio Ferreira e Gualberto receberam o terceiro cartão amarelo e estão suspensos desta partida. Uma possibilidade para entrar de titular é o jovem zagueiro Iago, que veio do time sub-20. O atacante Silvinho e o meia veterano Paulo Baier estão fora por lesões.