Carlos garante cabeça tranquila após gols perdidos contra o Santos

Atacante alvinegro acabou desperdiçando chances vitais e que poderiam, de uma vez por todas, liquidar a fatura no Independência

iG Minas Gerais | JOSIAS PEREIRA |

Carlos deixa de lado erros contra o Santos e já pensa em recuperação diante do Vitória
BRUNO CANTINI/ATLÉTICO
Carlos deixa de lado erros contra o Santos e já pensa em recuperação diante do Vitória

No domingo, contra o Cruzeiro, ele foi o herói. Com dois gols, entre eles o da vitória sobre o rival, no Mineirão, Carlos foi rapidamente elevado ao posto de destaque alvinegro, um jovem de 19 anos com um futuro bastante promissor. Mas, na partida contra o Santos, nessa última quinta-feira, o camisa 13 do Galo acabou desperdiçando chances vitais e que poderiam, de uma vez por todas, liquidar a fatura no Independência.

Apesar dos lances cruciais, Carlos revelou maturidade. Na visão do jogador, o importante foi ajudar a equipe em outras situações, como por exemplo na defesa. "Não consegui fazer os gols, mas pude ajudar também na defesa. Minha cabeça está tranquila. Eu perdi estas oportunidades agora, mas estou pronto para ajudar no próximo jogo. É bola pra frente", afirma o jogador.

E Carlos já tem a fórmula para calibrar o pé já no próximo compromisso frente ao Vitória, no domingo, às 16h, no Independência.

"Tem que ter mais tranquilidade. Eu mesmo tive três chances, em duas a bola quicou ali, mas estou tranquilo. Graças a Deus saímos daqui com a vitória, os três pontos, estamos entre os quatro. E não vamos deixar cair este ritmo não. No próximo domingo vamos em busca de mais uma vitória", concluiu o atacante. 

Leia tudo sobre: futebol nacionalatléticogalocampeonato brasileirocarlossantospeixe