Feira do Mineirinho reabre no domingo sob nova administração

Cerca de 400 expositores estarão no ginásio Mineirinho neste domingo, sob direção da Fenacouro; parte dos feirantes que expõem no Mineirinho também participarão da Feira de Artesanato e Gastronomia da Pampulha, realizada pela Dekkas

iG Minas Gerais | Bruna Carmona |

Desde abril de 2013 os expositores protestavam pelo retorno ao espaço
RODRIGO CLEMENTE
Desde abril de 2013 os expositores protestavam pelo retorno ao espaço

A feira de artesanato que acontece no Estádio Jornalista Felipe Drummmond, o Mineirinho, será reaberta neste domingo (28), sob a administração da Fenacouro Promoções e Eventos Ltda., vencedora da licitação aberta pelo governo do Estado em abril deste ano para uso do espaço externo do ginásio.

Nessa quarta-feira (24), Érika Miziara, diretora da Dekkas, antiga administradora da Feira de Artesanato do Mineirinho, afirmou que a feira tinha mudado de nome e que os expositores estavam de mudança para um novo espaço, na avenida Tancredo Neves, também na região da Pampulha. Mas, segundo o advogado da Fenacouro, David Alves de Oliveira, trata-se de outro evento e a feira que acontecia no ginásio Mineirinho continuará sendo realizada no local.

Segundo Oliveira, até março de 2014, a feira esteve sob a administração da Dekkas Comércio e Representações Ltda, que assumiu a coordenação provisoriamente, sem licitação, mas com autorização do governo, para que os expositores não ficassem sem trabalhar durante o período em que o ginásio passou por reformas para a Copa do Mundo. Neste período, os feirantes trabalharam no espaço Arena BH, na avenida Clóvis Salgado, na região da Pampulha, cedido pela Prefeitura de Belo Horizonte, onde ainda estão alocados.

"A (feira) da Tancredo Neves vai ser uma continuação (da feira) da Clóvis Salgado. Uma parte dos expositores ficou com o Mineirinho e outra parte está conosco", esclareceu a diretora da Dekkas à reportagem de O TEMPO nesta sexta-feira. Segundo Érika, o cadastro de interessados em participar da Feira de Artesanato e Gastronomia da Pampulha está aberto.

Licitação

De acordo com a Secretaria de Estado de Turismo e Esportes (Setes), foi feita licitação, na modalidade Concorrência Pública, do tipo “Maior Oferta” e a Fenacouro foi a vencedora com a oferta de R$ 1.483.174, com reajuste anual. Duas empresas concorreram e resultado do processo licitatório foi publicado no Diário Oficial do Estado no dia 20 de maio deste ano.

A Dekkas não participou do processo licitatório. Segundo Érika Miziara, a empresa não entrou na disputa devido à dificuldade de manter as apresentações de música ao vivo nos dias de feira e porque avaliou que os resultados de vendas na Arena BH.

A administração da feira, segundo David Oliveira, foi entregue a Fenacouro em agosto deste ano. 

Liminar

No dia 5 de setembro deste ano, a Fenacouro conseguiu na Justiça uma liminar que proíbe a Dekkas de utilizar o nome e a marca “Feira de Artesanato do Mineirinho”. A justificativa da atual administradora da feira foi de que o uso da denominação "Feira do Mineirinho" pode influenciar e confundir o consumidor. A juíza que avaliou o caso considerou os argumentos válidos e concedeu o direito de uso exclusivo do nome e da marca Feira do Mineirinho à Fenacouro, sob pena de multa diária no valor de R$ 2.000.

De acordo com a Setes, não há cláusula no contrato com a Fenacouro que determine nome oficial para a feira que acontece no Mineirinho. Ainda segundo a Setes, o governo cede apenas o espaço e qualquer questão relativa à denominação do evento é de escolha da empresa.

A feira

De acordo com a Fenacouro, a estrutura da feira não será alterada. Serão aproximadamente 400 expositores que comercializarão artigos artesanais como bolsas, bijuterias, roupas, calçados e peças de decoração. O espaço terá também praça de alimentação e espaço gourmet, com 25 lanchonetes e música ao vivo.

A Feira de Artesanato do Mineirinho é realizada às quintas-feiras, das 17h às 22h, e aos domingos, de 8h às 17h.  

Leia tudo sobre: feira do mineirinhodekkasfenacouromineirinhojustiça