Abbas pede punição aos crimes de Israel em discurso na ONU

"A vida de um palestino é tão preciosa quanto a de qualquer outro ser humano", disse o presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP)

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

MARY ALTAFFER/ASSOCIATED PRESS
undefined

O presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmoud Abbas, usou seu discurso na Assembleia-Geral da ONU, nesta sexta-feira (26), para criticar duramente os ataques de Israel a territórios palestinos.

Ele classificou os bombardeios na faixa de Gaza como "uma série de crimes de guerra cometidos publicamente, todo o tempo". "Ninguém pode fingir não entender o tamanho destes crimes", afirmou.

"A vida de um palestino é tão preciosa quanto a de qualquer outro ser humano", disse. "Em nome da Palestina, eu afirmo aqui: não vamos esquecer nem perdoar. E não vamos permitir que criminosos de guerra escapem da punição."Mahmoud Abbas, usou seu discurso na Assembleia-Geral da ONU, nesta sexta-feira (26), para criticar duramente os ataques de Israe

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave