Zé Roberto prevê reencontro difícil com algozes turcas

Treinador acredita que as meninas da seleção vão precisar ter um bom aproveitamento em todos os fundamentos para vencer a Turquia e a Sérvia

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Zé Roberto Guimarães orienta atletas na primeira atividade em solo asiático
Divulgação/CBV
Zé Roberto Guimarães orienta atletas na primeira atividade em solo asiático

A seleção brasileira feminina de vôlei aproveita a sexta-feira de folga para se preparar para o próximo compromisso pelo Mundial da Itália. Neste sábado, a equipe terá pela frente a Turquia, na quarta rodada do Grupo B. No último confronto entre elas, as turcas saíram vitoriosas por 3 a 2 no Grand Prix deste ano, na única derrota das comandadas de José Roberto Guimarães na competição, da qual sairiam campeãs.

“Teremos duas partidas em sequência com adversários diretos na nossa classificação. Vamos precisar ter um aproveitamento bom em todos os fundamentos. A Turquia foi o único time que nos venceu no Grand Prix. É uma equipe que está crescendo ao longo dos anos e, lógico, almeja a melhor classificação para a próxima fase assim como nós", comentou o treinador brasileiro.

Já classificado, o Brasil é líder do grupo, com nove pontos em três jogos, enquanto a Turquia aparece em terceiro, com quatro. Entre eles, com oito pontos, está a Sérvia, adversária da seleção brasileira na última rodada da primeira fase, no domingo. E a expectativa para este duelo também é de extrema dificuldade.

"A Sérvia está em segundo lugar no grupo com oito pontos, mas já enfrentou a Turquia e a Bulgária e conseguiu boas vitórias. Serão dois jogos difíceis e estamos nos preparando para esses confrontos”, disse Zé Roberto.

Leia tudo sobre: ze robertobrasilturquiamundial feminino de voleiitalia