Grupo tenta arrombar caixa eletrônico mas quase explode agência

Eles chegaram encapuzados e armados, mas algo deu errado na explosão e a agência quase foi explodida; em seguida, eles tentaram arrombar o banco ao lado, mas fugiram sem levar nada

iG Minas Gerais | JULIANA BAETA |

Estragos ainda não foram contabilizados, mas agência foi bastante atingida pela explosão
Web Repórter
Estragos ainda não foram contabilizados, mas agência foi bastante atingida pela explosão

Uma agência do Banco do Brasil quase foi destruída na madrugada desta sexta-feira (26) em Brasilândia de Minas, na região Noroeste de Minas, após cinco suspeitos tentarem explodir um caixa eletrônico e a empreitada dar errado. Eles não levaram nada, e ainda tentaram arrombar a agência do Bradesco, ao lado do Banco do Brasil, mas também não tiveram sucesso.

De acordo com a Polícia Militar, cinco homens armados e encapuzados, munidos de armas longas, chegaram ao Banco do Brasil por volta de 4h30, e instalaram explosivos nos caixas eletrônico. No entanto, alguma coisa deu errado e a explosão tomou outra proporção, danificando a estrutura da agência.

Os estragos ainda não foram contabilizados, mas pelas imagens é possível ver que as janelas foram quebradas, luminárias vieram ao chão, equipamentos deram perda total e dependências internas foram chamuscadas. 

Os suspeitos estavam divididos em dois carros, um Gol preto e um Fiat Uno que dava cobertura. Após o fracasso da tentativa de roubo na agência, eles não se contentaram em voltar com as mãos vazia, e tentaram também arrombar uma agência do Bradesco, localizada ao lado do Banco do Brasil, na rua Pedro Rocha, no centro da cidade.

No Bradesco eles também não tiveram sucesso no arrombamento e acabaram fugindo sem levar nada. Câmeras dos estabelecimentos flagraram a ação do grupo, e serão utilizadas para tentar identificá-los. Ninguém ficou ferido. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave