Bombeiros que trabalharam no 11 de setembro morrem

Mortes aconteceram com poucas horas de diferença

iG Minas Gerais | Da Redação |

Coincidência. Howard Bischoff, Daniel Heglund e Robert Leaver morreram na última segunda-feira
Associated press/FDNY
Coincidência. Howard Bischoff, Daniel Heglund e Robert Leaver morreram na última segunda-feira

Em uma triste coincidência, três bombeiros que trabalharam nos escombros do World Trade Center após os ataques terroristas às torres gêmeas em Nova York, nos Estados Unidos, morreram nesta semana, no mesmo dia, com poucas horas de diferença. As mortes foram confirmadas nesta quinta pelo Corpo de Bombeiros da cidade, através de um comunicado.

Howard Bischoff, Daniel Heglund e Robert Leaver prestaram serviços de resgate no marco zero, depois da queda das Torres Gêmeas, em 11 de setembro de 2001. Segundo a agência Associated Press, o comunicado dos bombeiros de Nova York afirma que as mortes aconteceram na última segunda-feira, mas as causas não foram divulgadas.

Problemas. A corporação relatou que alguns socorristas apresentaram problemas de saúde logo após trabalharem nos escombros – 99% dos bombeiros expostos teriam relatado pelo menos um problema respiratório.

Os bombeiros registraram ainda que 850 funcionários foram diagnosticados com câncer relacionado aos trabalhos no local dos ataques.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave