Caso de discriminação gera ‘beijaço’ na capital

Dois estudantes homossexuais alegam ter sofrido preconceito em bar; protesto será nesta sexta

iG Minas Gerais | Camila Bastos |

Casal diz que foi solicitado a “maneirar” nos carinhos no bar
GOOGLE STREETVIEW/REPRODUCAO
Casal diz que foi solicitado a “maneirar” nos carinhos no bar

Dois estudantes homossexuais afirmam ter sido vítima de discriminação em um bar na região Centro-Sul da capital. Um deles, que solicitou anonimato, afirmou que o casal foi orientado por um funcionário a “maneirar” após os dois darem um beijo “comum”. Os dois entenderam que a reação foi criminosa e acionaram a Polícia Militar, que registrou boletim de ocorrência. Em apoio, amigos do casal e ativistas irão se reunir em um beijaço às 20h desta sexta, na porta do bar. “Na comunidade gay é muito comum esse tipo de reação (o beijaço) quando há discriminação em algum lugar. Beijar também é um ato político”, explica. Ele conta que assumiu sua orientação sexual aos 18 anos e que já havia passado por situações parecidas antes. “Quando conheci a lei (que proíbe coibição de manifestação de afeto entre homossexuais em locais públicos), decidi que não iria mais deixar de agir se enfrentasse isso de novo.” Segundo funcionários do bar, o proprietário não quis se manifestar. Providências. O casal procurou orientação legal para pedir à Polícia Civil que abra inquérito sobre o caso e para instaurar processo civil contra o estabelecimento. O casal pode pedir indenização por danos morais, diz o advogado Henrique Carvalhaes, da Comissão de Advocacia Pública Municipal da Ordem dos Advogados do Brasil seção Minas Gerais. Segundo ele, em casos como esse os envolvidos devem coletar o máximo de provas que puderem, como boletim de ocorrência e contatos de testemunhas.

Saiba mais Legislação. Uma lei municipal proíbe a coibição de manifestação de afeto em logradouro público, estabelecimento público ou estabelecimento aberto ao público, inclusive o de propriedade privada. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave