Avacoelhada

iG Minas Gerais |

Glauco, Diego, Cristhian, Leo, Zé Ricardo, Igor e Wayni foram as novidades na vitória sobre o Vasco, por 2 a 1, no jogo de ida da Copa do Brasil sub-20. Zé Ricardo, que está no primeiro ano de júnior, demonstrou bastante potencial para ser trabalhado. O promissor atleta em formação disputou a Copa São Paulo 2014. Caso a evolução seja contínua, provavelmente o processo de transição para o ambiente profissional deverá ser antecipado para depois da Copinha de 2015. Xavier se destacou pelo gol, assistências e finalizações. Hugo, Addam, Renato Bruno, Renatinho, Bruno Sávio e Rubens não participaram desse confronto. Renatinho, meia artilheiro diferenciado, precisa acelerar o desenvolvimento físico a fim de aumentar a resistência muscular. Pelo hexagonal do Mineiro, América e Villa Nova vão se enfrentar neste sábado, às 15h, em Nova Lima.

A voz da Massa

Saudações alvinegras! Meus amigos, qual é a índole de um sujeito que vai ao estádio de arma em punho e atira a esmo contra a torcida rival, sem se importar com quem está do outro lado? Esse sujeito é um fanático e assassino! No clássico passado, alguém da torcida azul cometeu esse ato repugnante de violência gratuita. Mas não foi só ele não! Teve muito atleticano naquele dia mostrando que jamais será tido como autêntico integrante da Massa alvinegra! Vou contar-lhes um caso de experiência própria. Sabiam que a maioria dos jogadores de todos os times são amigos fora de campo? Que após os clássicos, independentemente do resultado, alguns costumam se reunir na casa dos outros para confraternizarem, enquanto aqui fora os fanáticos se digladiam? Fanatismo no futebol é o mesmo que fanatismo religioso ou político: é matar e morrer por nada!

A voz Celeste

Saudações celestes, nação azul. Sinceramente, me preocupa a situação do Cruzeiro no STJD. Pelos artigos em que fomos citados, seria multa de R$ 100 a R$ 100 mil e perda de até 20 mandos de campo ou jogar sem torcida no Mineirão. Como diria meu ídolo, amigo e grande nome do futebol mineiro Jair Bala, “se houvesse leis que penalizassem esses vagabundos, os clubes não seriam babás de bandidos”. Ainda falando de justiça desportiva, o Cruzeiro tirou o lateral Breno Lopes dos relacionados da última partida. Ele já estaria liberado para atuar com a camisa celeste, mas o Cruzeiro foi cauteloso e espera um ofício da CBF confirmando a regularidade do atleta. Não podemos dar brechas, queremos esse tetracampeonato no campo e na bola. Pelo andar da competição, perder essa taça só se for nos tribunais mesmo! Que venham o Sport e mais três pontos!

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave