Pimenta pede votos e critica oposição

iG Minas Gerais | José Augusto Alves |

Após frustrar os militantes betinenses na semana passada, quando não apareceu em um ato político na cidade realizado na terça-feira (16), no clube do Rodoviário, o candidato do PSDB ao governo do Estado, Pimenta da Veiga, fez parte da comitiva de Aécio, que pediu votos para Pimenta, candidato que está atrás nas pesquisas de intenção de votos, liderada pelo petista Fernando Pimentel. “Minas tem duas propostas muito claras: a continuidade do trabalho do avanço, da seriedade, dos investimentos em educação, saúde e segurança, que é a eleição do Pimenta. A outra é tudo aquilo que o Brasil experimentou com o PT e que o país não quer mais. Não podemos permitir que o PT governe Minas”, disse Aécio.

Pimenta da Veiga também pediu apoio dos militantes e criticou o partido adversário. “Temos que trabalhar para estimular os nossos companheiros, fazer a pregação que tem que ser feita e dizer aos mineiros que temos duas opções: ou seguir com o governo que tem dado certo e que não teve nenhum escândalo ou eleger o PT dos escândalos, da economia parada e que tem feito mal ao país. Temos que evitar que a Cemig e a Copasa sejam alvo de escândalos igual ao da Petrobras”, disse. Essa foi a terceira vez que Pimenta da Veiga veio a Betim durante a campanha. Ele também visitou a cidade nos dias 11 e 29 de julho.

PT De acordo com a assessoria do candidato do PT ao governo, Fernando Pimentel, ainda não há previsão de o petista visitar a cidade na última semana de campanha.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave