Encontro de militantes tucanos e sindicatos gera confusão no centro

Sind-Saúde, Sind-UTE e Juventude do PSDB informam versões diferentes e opostas sobre como o conflito se iniciou na Praça Sete

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Um encontro entre militantes da juventude do PSDB e integrantes do Sind-Saúde e Sind-UTE, no centro da capital, nesta quinta-feira (25), terminou em confusão generalizada. Os envolvidos mostram versões diferentes de como o conflito foi iniciado.

De acordo com uma integrante do Sind-Saúde, o sindicato realizava, pela manhã, uma assembleia, na Praça Sete, para 'denunciar' as condições ruins dos servidores do Estado, chegando até a instalar um telão, quando um grupo de militantes da campanha do candidato a governador Pimenta da Veiga (PSDB) chegou ao local.

Ela afirma que o grupo começou a ofender os integrantes do sindicato que estavam presentes no local e a tentar destruir materiais gráficos, chegando até a tentar incendiar o telão. A militante afirma ter vídeos que comprovam a ação ilegal dos 'tucanos', mas, até a publicação da matéria, nenhum material foi enviado ao blog.

Já a militância tucana afirma que fazia, no mesmo local e horário, panfletagem, quando integrantes dos sindicatos começaram a 'ameaçar' e a intimidá-los. Segundo nota oficial, uma mulher teria ordenado, pelo microfone instalado na praça, que os militantes do PSDB deixassem a área.

Uma queixa foi dada, pela juventude tucana, à Polícia Militar, mas nenhum boletim de ocorrência foi registrado.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave