STJD marca julgamento de Cruzeiro e Atlético para a próxima quarta

Dupla pode perder até 20 mandos de campo na competição por causa de desordem e objetos lançados no Mineirão

iG Minas Gerais | THIAGO NOGUEIRA |

Nas arquibancadas do clássico, a Polícia Militar precisou intervir para evitar confronto entre torcedores
JOÃO GODINHO/OTEMPO
Nas arquibancadas do clássico, a Polícia Militar precisou intervir para evitar confronto entre torcedores

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) marcou para a próxima quarta-feira (1º), às 13h, o julgamento dos incidentes no clássico do último domingo. Cruzeiro e Atlético são réus e podem perder até 20 mandos de campo cada, além de pagar multa de R$ 200 mil.

Os rivais foram denunciados pela Procuradoria do Tribunal por infração duplao do artigo 213, incisos I e III e parágrafos 1º e 2º do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), por desordens e lançamentos de objetos no estádio. O árbitro Fifa Marcelo de Lima Henrique citou na súmula que precisou parar a partida no fim do primeiro tempo por causa de bombas que estouraram nas arquibancadas.

Em caso de condenação, o Regulamento Geral de Competições (RGC) prevê prazo de cinco dias úteis para a remarcação das partidas. Neste caso, o Cruzeiro ainda enfrentaria o Internacional no Mineirão, sábado, dia 4. Mesmo se punidos, os clubes podem recorrer.

Leia tudo sobre: STJDjulgamentoAtléticoCruzeiroclássico