Ferrer é surpreendido e Murray avança em Shenzhen

Tenista espanhol foi eliminado da competição, após perder para o sérvio Viktor Troicki, por 2 sets a 0, o britânico Andy Murray derrotou o indiano Somdev Devvarman, também por 2 sets a 0

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Semifinalista no ano passado em Roland Garros, Ferrer ainda não perdeu nenhum set nesta edição do Grand Slam
Divulgação
Semifinalista no ano passado em Roland Garros, Ferrer ainda não perdeu nenhum set nesta edição do Grand Slam

Cabeça de chave número 1 e principal favorito ao título do Torneio de Shenzhen, o espanhol David Ferrer foi surpreendido e caiu logo na segunda rodada, nesta quinta-feira. Melhor para o britânico Andy Murray, segundo cabeça de chave, que venceu seu compromisso, avançou às quartas de final e agora está com a chave mais livre para buscar a conquista.

O primeiro a entrar em quadra foi Ferrer, mas o espanhol foi amplamente dominado pelo sérvio Viktor Troicki, que ignorou a diferença entre eles no ranking - 5.º contra 174.º do mundo - e venceu até com certa tranquilidade por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/4, em pouco mais de uma hora de partida.

Troicki controlou bem a partida com um potente serviço, disparou 13 aces, não cedeu quebras e caminhou para a vitória. Agora, ele terá pela frente o colombiano Santiago Giraldo, sexto cabeça de chave, que passou nesta quinta pelo australiano Thanasi Kokkinakis por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/3.

No último jogo do dia, Murray foi dominante e não teve grande trabalho para derrotar o indiano Somdev Devvarman. O britânico, número 11 do mundo, fez valer sua ampla superioridade técnica diante do 141.º do ranking e venceu por 2 sets a 0, com duplo 6/3, em 1h21min de partida.

Murray até cedeu uma quebra para o adversário, mas em nenhum momento pareceu perder o controle da partida. Agora, o britânico terá pela frente o eslovaco Lukas Lacko, número 85 do mundo, que passou nesta quarta-feira pelo lituano Ricardas Berankis em dois sets, com parciais de 6/4 e 7/6 (7/1).