Governo investe no Facebook

iG Minas Gerais |

O Facebook é uma das novas apostas do governo federal para ampliar a doação de órgãos. Ontem, durante lançamento de campanha publicitária para estimular a doação, foi apresentado um aplicativo que informará aos parentes do usuário da rede social que ele decidiu ser um doador.

A ferramenta do Facebook já está disponível na página Doação de Órgãos. Após curtir a fan page, o usuário da rede social pode acessar o aplicativo e se declarar doador. Após o procedimento, a notificação é enviada aos parentes de quem ele é amigo no Facebook.

Em 2012, o governo havia feito parceria com a rede social, permitindo que o internauta adicionasse a informação. Agora familiares passam a ser notificados da iniciativa. A ferramenta dará origem a um banco informal de doadores, a ser feito pelo Sistema Nacional de Transplantes.

“Já conseguimos a marca de quase meio milhão de pessoas se declarando doadores de órgãos no Facebook”, afirmou Bruno Magrani, diretor da rede social no Brasil, que esteve no evento ontem.

Crítica. Apesar do balanço positivo, quem necessita de um órgão não enxerga melhorias no setor. A representante comercial Kátia Simone Vieira, 49, faz tratamento de hemodiálise há quase dez anos, desde quando recebeu o diagnóstico de insuficiência renal crônica. Ela chegou a receber novo rim em 2012, mas após rejeição ao órgão ela voltou à lista de espera.

“A acho que 90% das famílias não doam órgãos. Se tivesse melhorado, eu não estaria na fila. É tudo muito difícil, e o governo não facilita os exames”, disse a representante comercial. (JHC)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave