Prefeitura fará nova ação no entorno

iG Minas Gerais |

A Prefeitura de Belo Horizonte informou que há pelo menos seis meses, o serviço especializado em abordagens sociais vem acompanhando o grupo. O problema, segundo a coordenadora do Comitê de Acompanhamento da Política para População de Rua, Soraya Romina, é que trata-se de um grupo “delicado”, que tem se mostrado “absolutamente resistente” a qualquer proposta de encaminhamento aos serviços públicos, incluindo a oferta de vagas em abrigos. No último dia 18 a prefeitura recolheu tapumes, papelão, lixo e colchões – o Executivo pode apenas retirar objetos que obstruam as vias; é proibido por lei retirar os moradores de rua contra a vontade deles. Apesar do trabalho, novos pertences foram espalhados, e a ação se repetirá amanhã. “Eles já foram informados que será montado um palco no local para um evento cultural do fim de semana. Eles têm todo o direito de ir e vir e de estar na cidade, mas não têm direito de se estabelecer na via pública criando condições de moradia”, explicou Soraya. (LM) 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave