Após jogo em Curitiba, torcedor do Avaí é morto a pedrada

Vítima estava em um ônibus, que foi alvo de três pedras arremessadas por um grupo rival

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

João Grah estava ao lado do motorista. Ele chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos
Divulgação PRF Santa Catarina
João Grah estava ao lado do motorista. Ele chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos

Mais um fato lamentável envolvendo briga de torcidas marcou o futebol brasileiro nesta quarta-feira. Por volta de 0h30, um torcedor do Avaí foi atingido com uma pedrada e morreu. João Grah estava em um ônibus e voltava de Curitiba, onde a equipe catarinense jogou contra o Paraná, pela Série B. O fato ocorreu quando o veículo estava na altura do km 136 da BR-101, no município de Balneário do Camboriú, litoral norte de Santa Catarina. 

 

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), três pedras, que tinham o tamanho aproximado de um sapato tamanho número 42, foram arremessadas contra o para-brisa do ônibus. Um dos objetos quase acertou o motorista. Mas o outro, que foi atirado pelo lado direito dianteiro, acertou o torcedor, que conversava com o condutor do veículo. 

Após o incidente, o motorista seguiu para um posto de atendimento da PRF de Itapema. A vítima chegou a ser encaminhada para um hospital da região, mas não resistiu aos ferimentos. 

Em nota, o Avaí lamentou o ocorrido e informou que o torcedor era sobrinho de um conselheiro do clube. O velório ocorre na tarde desta quarta-feira, na Câmara de Vereadores de Santo Amaro da Imperatriz, e o sepultamento deve ser realizado na manhã de quinta-feira. 

O vídeo a seguir, cedido pela concessionária Autopista Litoral Sul, mostra quatro homens descendo de um carro, em um viaduto. Outros cinco se juntam ao grupo, que começam a atirar pedras contra o ônibus.   

Confira também a íntegra da nota publicada pelo clube:   

"É com pesar que os Poderes Constituídos do Avaí Futebol Clube lamentam a morte do torcedor do Avaí, João Augusto Grah, 27 anos, ocorrida na madrugada desta quarta-feira (24), no Km 136 da BR 101, em razão de um apedrejamento ao micro-ônibus em que estava, quando retornava de Curitiba-PR, onde assistiu ao jogo Paraná 1×1 Avaí.

João Grah é sobrinho do Conselheiro do clube, Sr. Zari José Farias Filho.

Seu velório iniciará às 15 horas desta quarta-feira (24), na Câmara de Vereadores de Santo Amaro da Imperatriz. O seu sepultamento acontecerá às 09 horas de quinta-feira (25), no cemitério da Igreja Matriz de Santo Amaro da Imperatriz.

Por outro lado, o Avaí Futebol Clube repudia este ato violento que tirou a vida de um jovem, e espera que as autoridades cheguem aos autores para que sejam punidos com os rigores da Lei.

Nossos sentimentos aos familiares e amigos".

 

Leia tudo sobre: João GrahfuteboltorcedormortepedrasAvaiônibus