Aos 10 anos, peixe é operado para remover tumor cerebral

Ao invés de sacrificar George, casal de donos preferiu fazer uma cirurgia; animal pode ter ganhado uma sobrevida de mais 20 anos

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

George, em foto no Facebook.
DIVULGAÇÃO / FACEBOOK / Lort Smith
George, em foto no Facebook.

Um peixe de aquário costuma viver entre um e dois anos. Não na casa de um casal de australianos, que mantém vivo George há mais de uma década.

Os donos têm feito de tudo para que ele viva mais. A última é uma cirurgia para retirar um grande tumor cerebral. Segundo os proprietários, o peixinho não comia ou nadava quando foi para o Lort Smith Animal Hospital, em Melbourne.

Como era um procedimento raro, a instituição publicou uma explicação sobre a cirurgia. Segundo o hospital, foram usados três baldes: um com anestésico pré-operatório, outro para a manutenção da anestesia durante a operação, e o terceiro com água limpa para a recuperação do bicho.

Toda a cirurgia foi feita em 45 minutos. O peixe recebeu injeções para aliviar a dor e antibióticos.

De acordo com o veterinário responsável, Dr. Tristan Rich, George pode ter ganhado uma sobrevida de mais 20 anos.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave