Técnico assume Portugal e promete vaga na Eurocopa

Fernando Santos se diz confiante na classificação da seleção portuguesa para a Euro 2016 e admite que o momento não é de renovação do elenco

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Nesta quarta, Fernando Santos foi oficialmente apresentado como treinador da seleção portuguesa
Divulgação/FPF
Nesta quarta, Fernando Santos foi oficialmente apresentado como treinador da seleção portuguesa

Contratado para substituir Paulo Bento como técnico da seleção portuguesa, Fernando Santos foi apresentado oficialmente nesta quarta-feira, na sede da federação de futebol, em Lisboa. E logo nas primeiras palavras, o treinador ignorou o péssimo momento vivido pela equipe e garantiu que vai conseguir a vaga para a Eurocopa de 2016, na França.

“Acredito que vamos ganhar e estou absolutamente confiante em relação àquilo que vamos conseguir, ou seja, estar na fase final da Eurocopa. Acredito na minha competência, na capacidade daqueles que trabalham comigo e acredito muito nos jogadores”, declarou. "Na França, em 2016, estaremos lá."

Fernando Santos chega à seleção depois de levar a Grécia a uma inédita classificação às oitavas de final da Copa do Mundo. Ele pega Portugal em momento conturbado, após a queda na primeira fase no Mundial e a vexatória derrota para a Albânia, em casa, na estreia das Eliminatórias para a Eurocopa. Ainda assim, descartou fazer uma renovação total na equipe.

“Para mim, não importa idade. Na seleção da Grécia, no último Mundial, por exemplo, convoquei dois jogadores com 35 e 36 anos, o Katsouranis e o Karagounis. Mas chamei, também, 17 jogadores (entre 18 e 35 anos) que foram lançados por mim. Não gosto da palavra renovação, há sim capacidade e talento. Vamos estar muito atentos ao percurso da formação, mas para mim tanto faz se um jogador tem 17 ou 35 anos, o que conta é o seu valor”, afirmou.

Com isso em mente, o treinador deixou em aberto os possíveis nomes para uma primeira convocação e garantiu que os jogadores portugueses de todo o mundo serão observados. "Todos os jogadores são passíveis de ser convocados. Não há ninguém, em Portugal ou no estrangeiro, que esteja afastado da seleção.”

Leia tudo sobre: seleçao portuguesafernando santosfpfeurocopa 2016frança