E-mail suspeito sugere divisão

Procurado, Narcio se mostrou surpreso e disse que irá acionar advogados

iG Minas Gerais | Tâmara Teixeira |

Apesar de os tucanos negarem divisão no partido, um e-mail enviado ontem a O TEMPO sugere uma briga interna. O remetente do texto assina o nome do deputado federal licenciado Narcio Rodrigues, que auxilia na campanha de Aécio e Pimenta da Veiga. Ele nega ser autor ou responsável pelo endereço, cadastrado no Yahoo.  

O principal alvo da mensagem “Milagreiro de plantão não salva lavoura” é o coordenador da campanha de Pimenta, Danilo de Castro. Um trecho diz que “o ‘pseudo’ reforço à campanha tucana fez ruir o ambiente favorável de entusiasmo que era predominante ao campo político”. Até o fim de agosto, a campanha estava centralizada em Alexandre Silveira (PSD) e Narcio Rodrigues e, agora, está sob a tutela de Danilo de Castro.

O e-mail ainda sugere que Danilo “boicota” Pimenta da Veiga e que, junto com o aliado Leo Couto, articulador da campanha, já estaria “deixando Minas rumo a São Paulo”. O e-mail enviado ao jornal termina sugerindo que Narcio Rodrigues e Alexandre Silveira retornem para a coordenação da campanha de Pimenta.

Procurado, Narcio se mostrou surpreso e disse que irá acionar advogados. Em um primeiro momento, o deputado admitiu a possibilidade de o e-mail ter sido disparado por alguém de dentro da campanha. “A gente dorme com o inimigo”, disse. Depois de ver o conteúdo da mensagem, Narcio jogou para o PT a responsabilidade. “PT está desesperado e é capaz de tudo”. O partido negou envolvimento no episódio. 

Discórdia

Origem. Além da troca do comando na campanha, o texto sugere que as candidaturas dos filhos de Narcio, Caio Narcio, e de Danilo, Rodrigo de Castro, estão relacionadas às disputas internas.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave