Para retomar a normalidade

Com meta de melhorar aproveitamento no returno e continuar tranquila no topo, Raposa pega o Coxa

iG Minas Gerais | Bruno Trindade /Guilherme Guimarães |

Ajustes. Defesa celeste precisa melhorar no returno, já que foram seis gols sofridos em quatro jogos
JOAO GODINHO / O TEMPO
Ajustes. Defesa celeste precisa melhorar no returno, já que foram seis gols sofridos em quatro jogos

É costumeiro dizer que a disputa de um clássico da grandeza de Cruzeiro e Atlético é um campeonato à parte, tamanha a sua importância. Por isso, a influência da derrota celeste no último domingo poderia ser grande no elenco. Porém, a incontestável campanha cruzeirense na atual disputa faz com que o clube crie uma competição à parte também.  

Mesmo com duas derrotas nos últimos três confrontos, o Cruzeiro manteve a diferença de sete pontos para o vice-líder, o São Paulo, permanece praticando o melhor futebol entre os participantes e segue como grande favorito para levantar o caneco no fim da temporada. Assim, na partida desta quarta contra o Coritiba, às 19h30, no Couto Pereira, pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro, a Raposa quer mostrar o mesmo que fez após as outras três derrotas no torneio: vencer o jogo seguinte e mostrar a força do líder.

Além disso, o triunfo servirá para melhorar o aproveitamento celeste na segunda metade do campeonato nacional. Contando somente as partidas do returno, a Raposa ocupa apenas a 12ª posição, com seis pontos somados em 12 possíveis, atrás de adversários que lutam contra a degola, como Vitória, Bahia e o próprio Coxa.

Para melhorar o desempenho na segunda metade da Série A e voltar ao caminho das vitórias, o atacante Dagoberto dá a receita. “Agora é hora de erguer a cabeça. O campeonato é longo, temos que ser inteligentes para saber lidar com cada jogo, cada rodada. Tem muita coisa a acontecer pela frente. Seguimos firmes”, declarou o jogador.

O volante Lucas Silva lamentou o revés da última rodada, mas lembrou que os tropeços dos adversários têm ajudado o Cruzeiro. “A última rodada não foi como queríamos ou como imaginávamos. Mas não muda nada. Vamos manter o trabalho. Perdemos, mas o São Paulo também perdeu. São coisas do futebol que estão conspirando a nosso favor. Temos uma gordura para queimar, mas não queremos usá-la para sustentar a liderança por mais tempo possível e chegar ao título”, concluiu o meio-campista.

Jogo terá reencontro de Alex e Martinuccio com o time azul Dois ex-jogadores do Cruzeiro estarão à disposição do técnico Marquinhos Santos no Coritiba para o confronto desta noite. Um deles é o meia Alex e o outro o meia-atacante argentino Martinuccio. Ídolo celeste e personagem emblemático da Tríplice Coroa, o “Talento Azul” cumpriu suspensão contra o Sport e retorna contra a Raposa. Já Martinuccio, que deixou a equipe cinco estrelas reclamando do departamento médico do clube, recuperou-se de uma lombalgia e deve ser opção para o banco de reservas. Na luta contra o rebaixamento, o Coritiba terá outros retornos: dos atacantes Zé Love e Geraldo. Em contrapartida, terá os desfalques de Robinho, suspenso, Élber, fora por questões de contrato, e Weliton, lesionado.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave