Fermentação causa mal-estar

Segundo Adriana, os atletas cervejeiros terão mesmo de se contentar com a boa e velha água, sucos naturais de frutas, ou água de coco para repor as energias após os treinos

iG Minas Gerais | Raquel Sodré |

A nutricionista Adriana Pazzini, conselheira do Conselho Regional de Nutricionistas de Minas Gerais, vê com ressalvas o consumo de cerveja associado a atividades físicas.  

Mesmo que a bebida não contenha álcool, Adriana ainda não considera que a bebida seja ideal para a reidratação de atletas. “Segundo as normas da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), uma bebida precisa ter uma quantidade específica de sais minerais, carboidratos e eletrólitos para ser considerada um isotônico”, explica.

Para ela, ainda, a fermentação é mais um ponto negativo da cerveja. “É uma bebida que tem digestão mais lenta, então, ela ‘pesa no estômago’ e causa eructação (arrotos)”.

Segundo Adriana, os atletas cervejeiros terão mesmo de se contentar com a boa e velha água, sucos naturais de frutas, ou água de coco para repor as energias após os treinos. “Se a pessoa quiser, pode consumir um suplemento, como uma maltodextrina”, complementa. Mas nada de cerveja. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave