América empata com Joinville em estreia do técnico Givanildo

Necessitando vencer após ter pedido de efeito suspensivo negado pelo STJD, Coelho segue desesperado na luta contra o descenso

iG Minas Gerais | Antônio Anderson |

Coelho conseguiu sair na frente fora de casa, mas não segurou o resultado
Facebook/Reprodução
Coelho conseguiu sair na frente fora de casa, mas não segurou o resultado

Na reestreia do técnico Givanildo Oliveira, o América empatou com o Joinville em 1 a 1, na Arena Joinville,em jogo válido pela 25ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro disputado nesta noite. O  resultado diante da equipe catarinense, que foi responsável pela denúncia no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) que tirou 21 pontos do alviverde na tabela, foi péssimo para o alviverde, que teve seu pedido de reconsideração do efeito suspensivo negado pelo auditor Miguel Cançado do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) nesta terça.

Sem o meia Mancini, vetado de última hora por causa de torção no joelho direito, e com Thiago Santos improvisado na lateral-direita e Gilson no meio-campo, o América começou o confronto sofrendo uma pressão do Joinville, que tinha mais posse de bola, mas não conseguia aproveitar as chances que criava. Fazendo uma marcação bem encaixada, o Coelho abriu o placar aos aos 19 min com o meia Willians. Ele recebeu lançamento de Renan Oliveira e driblou o goleiro Ivan antes de marcar.

A melhor chance da equipe catarinense no primeiro tempo aconteceu aos 28 min. Após cobrança de escanteio, a bola sobrou para o atacante Fabinho, que bateu de primeira para a defesa de João Ricardo. Em vantagem no placar, o Coelho passou a tocar a bola tentando se aproveitar do desespero do Joinville, que saiu de forma desesperada para o ataque. A equipe catarinense só voltou a crescer na partida a partir dos 36 min, após a expulsão do atacante Obina, que levou o cartão vermelho depois de cometer falta no zagueiro Bruno Aguiar.

O Jonville volta para a etapa complementar se arriscando ao ataque em busca do gol de empate.A equipe catarinense exercia uma grande pressão sobre o alviverde, que se defendia bem e tentava ampliar a vantagem nos contra-ataques, mas sem conseguir criar boas chances. Com um jogador menos, o técnico Givanildo Oliveira optou por reforçar a marcação no meio-campo com a entrada de Andrei no lugar de Renan Oliveira e de André na vaga de Leandro Guerreiro. De tanto insistir, o Joinville acabou chegando ao gol de empate aos 29 min com Hugo após cruzamento de Thiago Medeiros. 

Leia tudo sobre: americacoelhoserie bempatejoinvillefutebol