Ibope aponta manutenção de liderança de Alckmin e vitória em 1º turno

Em comparação ao levantamento anterior, divulgado há duas semanas, o tucano passou de 48% para 49% das intenções de voto

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

A última edição da pesquisa Ibope sobre a sucessão ao governo de São Paulo, divulgada nesta terça-feira (23), mostrou pouca alteração no cenário eleitoral e manutenção da liderança do governador Geraldo Alckmin (PSDB).

Em comparação ao levantamento anterior, divulgado há duas semanas, o tucano passou de 48% para 49% das intenções de voto. No mesmo período, o candidato Paulo Skaf (PMDB) foi de 18% para 17%.

Em terceiro lugar na disputa estadual, o candidato Alexandre Padilha manteve o patamar da pesquisa passada, de 8%.

No período, os votos brancos e nulos passaram de 11% para 12%. A margem de erro estimada do levantamento é de 2 pontos porcentuais para mais ou para menos. O resultado da pesquisa ainda garante uma vitória do governador em primeiro turno caso as eleições fossem realizadas hoje. A sua intenção de voto, de 49%, supera a soma de todos os seus rivais, de 26%.

O candidato com maior índice de rejeição na disputa estadual é Padilha (23%), seguido por Alckmin (16%) e Skaf (13%).

A pesquisa encomendada pela TV Globo e pelo jornal "O Estado de S. Paulo" também mediu a aprovação do atual governo. Para 45%, a administração do tucana é avaliada como "ótima" e "boa", enquanto para 14% ela é "ruim" ou "péssima".

A pesquisa foi realizada entre os dias 20 e 22 de setembro. Ao todo, foram ouvidos 2.002 eleitores. A sondagem foi registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob o protocolo nº BR -00754/2014.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave